Weby shortcut
topo.jpg

Micarê Goiânia

Atualizado em 19/11/14 09:21.

Micarê Goiânia

 

O trio elétrico tem alterado, de certo modo, a própria concepção de carnaval. Por meio de uma estrutura móvel, o Carnaval de Salvador passou a ser "exportado" para as demais localidades do Brasil, incluindo cidades de diferentes portes (das pequenas às metrópoles). Paralelamente, houve uma evolução das micaretas, com o desenvolvimento de mega estrutura de apoio, o surgimento de inúmeras bandas e a produção de trios elétricos cada vez mais bem equipados. Mas as micaretas  também sofreram alteração na utilização de espaços, passando, em certas cidades, do espaço público para o privado.

Desde 1994, Goiânia também tornou-se sede de micaretas e a cidade, nos dias de festa, recebe turistas e coloca os goianienses para brincar no ritmo do axé. Nesta cidade, a micareta já percorreu, antanho, um percurso que se estendia da Praça Cívica ao Estádio Serra Dourada. Posteriormente, foi deslocada para a Avenida Goiás Norte e, há alguns anos, ocupou o autódromo (confirmando este processo  de transferência de micaretas dos espaços públicos aos privados).

No ano de 2008 a micareta em Goiânia sofreu uma grande transformação, pois além de mudança de organização, modificou também seu nome oficial e, por conseqüência, a logomarca e seu local de realização. Um fato interessante foi a permanência do seu mês de realização, respeitando assim uma tradição no calendário de realização de micaretas do país.

Nos dias 26, 27 e 28 de setembro de 2008 a maior micareta do Centro Oeste contou a apresentação de Asa de Águia, Jorge e Mateus Elétrico, Chiclete com Banana, Banda 5%, Cláudia Leitte e Alexandre Peixe. Montou-se também uma estrutura inédita de camarotes.

 

Clarissa Valadares Xavier 

 

 É permitida a cópia de fotos, desde que seja citada sua fonte, atribuindo os créditos ao devido autor do álbum.

 

CLIQUE NAS FOTOS PARA AMPLIÁ-LAS

Trio Elétrico se poscicionando para o início

 

Visão panorâmica de toda infra-estrutura do evento

 

Apesar de portões separados para camarotes e pista, o encontro é inevitável no início da festa

Auge da festa: ir atrás do trio

 

Separação por meio de infra-estrutura metálica a separação do camarote para a pista

Vista panorâmica do circuito

 

Para ir atrás do trio o "povo" se mistura

Fim do Circuito do Trio

 

Uma das atrações: Claúdia Leitte

 

Outra atração: Chiclete com Banana

 

Fim de um trio, incío de outro.

 

Infra-estrutura de um trio elétrico

 

Estrutura do Camarote- Uma festa dentro de outra festa

 

Público significativo no camarote

 

Serviços disponíveis dentro do camarote:

Buffet diversos

 

Serviços disponíveis dentro do camarote:

Salão de beleza

 

Listar Todas Voltar